cartdowneyefacebookfilterheartinfo-barsinfo-cardinfo-packageinfo-truckinstagrammailnextordersprevioussearchtelephonetwitteruserclose
22/09/2021

O MELHOR Colar de Âmbar!

Âmbar é a cápsula do tempo da natureza. Esta resina de árvore fossilizada contém vestígios de vida na Terra há milhões de anos.

Qual é o melhor colar de âmbar?

O âmbar do Báltico é geologicamente mais antigo na origem e geralmente mais valorizado no mercado. O âmbar do Báltico é geralmente mais caro do que o âmbar dominicano. Peças contendo inclusões de insetos ou plantas têm preços mais elevados do que peças limpas sem tais inclusões.

O melhor colar de Âmbar Báltico, também conhecido como succinato, é uma resina fossilizada de Pinus succinifera.

Onde encontrar o melhor colar de âmbar? O âmbar da região do Mar Báltico é, sem dúvidas, considerado o melhor âmbar. 

Você Sabia que esta árvore cresceu em abundância na Escandinávia e no norte da Europa há mais de 20 milhões de anos? (Kosmowska-Ceranowicz, 2009). Os vastos depósitos da área do Báltico foram formados quando sedimentos contendo resina fluíram da Escandinávia para a Península de Sâmbia, transformando essas resinas ao longo de milhões de anos em âmbar.

Por que será que colar de âmbar da região do Báltico é considerado o melhor colar de Âmbar Báltico?

Riachos, rios e geleiras carregavam grandes quantidades de âmbar em todo o norte da Europa como depósitos secundários (Gaigalas e Salas, 2009). Os depósitos primários da região do Báltico meridional - particularmente a Península da Sâmbia, onde Kaliningrado, na Rússia, está situada - são as fontes de âmbar mais prolíficas do mundo e estão entre os depósitos de gemas mais antigos ainda em produção, datando de uma história anterior registrada.

Justamente por isso, é tão especial e considerado o melhor colar de Âmbar Báltico.

Embora não existam relatos antigos de mineração de âmbar, a maior parte do material foi provavelmente coletado nas praias após as tempestades - um método ainda hoje usado por colecionadores. Objetos de âmbar e esculturas que datam dos tempos pré-históricos foram encontrados na Grã-Bretanha (9.000 aC) e na região sul do Báltico (6.000 aC) (Langenheim, 1990). 

As origens do âmbar Báltico eram conhecidas no primeiro século EC. 

Plínio, o Velho, contemporâneo do imperador romano Nero (37-68 dC), escreveu em História Naturalque o material “é formado a partir do líquido que emana de um tipo de pinheiro”, mas observou que geralmente era inútil, exceto como adorno para mulheres (Clark, 2010). O historiador romano Tácito descreveu o comércio de âmbar do Báltico com tribos germânicas que coletavam e trocavam o material (Clark, 2010). 

Além disso, Plínio observou o alto valor que os romanos atribuíam ao âmbar e escreveu que o principal gladiador de Nero, Juliano, despachou uma missão ao norte para trazer de volta grandes quantidades dele. Após seu retorno, os romanos usaram o âmbar para decorar a arena para jogos de gladiadores. Por ter qualidades protetoras, o material foi costurado nas redes que separam os espectadores dos animais selvagens da área. 

É... realmente. Faz sentido ser considerado que a peça seja considerada como melhor colar de Âmbar Báltico.

Incrível, né?

FONTE: https://www.gia.edu/amber

É possível encontrar o melhor colar de âmbar? SIM! Você pode encontrar muitas opções do melhor colar de âmbar Báltico no nosso site: https://www.ambaroriginal.com.br/colar-ambar e também no app. Baixe e aproveite o desconto!
 
Quer saber o que as pessoas estão falando do melhor colar de âmbar? Acesse: https://www.ambaroriginal.com.br/depoimentos-de-clientes